O Caoa Chery iCar chegou ao Brasil no ano passado, mas na China, onde é vendido como eQ1 (Little Ant) desde 2017, ele é uma figura bem conhecida. E para manter o subcompacto elétrico competitivo frente a rivais como o GM-Wuling Mini EV, a Chery aplicou uma leve atualização no visual e novidades no interior, que ficou mais moderno. 

Exposto pela primeira vez no Salão de Xangai, em abril, o Chery Little Ant (seu nome na China) atualizado teve informações reveladas pelo órgão regulador chinês e parece um carro elétrico mais atual, ainda que as mudanças tenham sido discretas. 

Chery Little Ant (iCar 2024)
Caoa Chery iCAR 2023 (1)

Os formatos da dianteira e traseira foram remodelados, entre os quais o formato do para-choque dianteiro ficou mais robusto, excluindo a estreita grade aberta na parte superior da barra frontal, mas adicionando um acabamento triangular em ambos os lados. Outra mudança importante é o mais recente logotipo "QQ".

Em detalhes, a versão que mantém o design atual do painel frontal também será mantida e, de acordo com a diferença de configuração, o modelo topo de linha fornecerá uma faixa de luz vertical na posição do quadro do farol de neblina.

Chery Little Ant (iCar 2024)
Caoa Chery iCAR 2023 (2)

Visto de lado, o formato da carroceria não mudou muito: serão duas versões com proteções pretas nos para-lamas e a parte superior da coluna C terá uma variedade de elementos decorativos, enquanto a versão de topo possui teto panorâmico.

Em termos de dimensões, o novo subcompacto elétrico da Chery possui 3,20 metros de comprimento, 1,67 metro de largura, 1,55 metro de altura e 2,15 metros de distância entre-eixos. O modelo atualizado pesa 935 kg e pode atingir a velocidade máxima de 100 km/h, mantendo o mesmo conjunto do atual. 

Galeria: Chery Little Ant (iCar 2024)

Internamente, a mudança é mais evidente e mostra um carro que evoluiu. O design ficou mais limpo e moderno, chamando a atenção para o acabamento em dois tons e o quadro de instrumentos/tela da central de informação e entretenimento agora "flutuantes", em linha com os carros elétricos mais recentes. 

O novo elétrico da submarca QQ, a divisão de carros elétricos e conectados da Chery, tem novos argumentos para se manter competitivo na China. No Brasil, onde o iCar é vendido por R$ 139.990 ainda não há previsão de chegada deste modelo atualizado. 

Fonte:AutoHomeeAutoSohu